midia-programatica

Internet, Publicidade

Como utilizar a Mídia Programática

21 de janeiro de 2016

A Mídia Programática é a compra de espaço de mídia de forma programada, através de uma ferramenta de automação. Diferente da compra de mídia convencional, como em Rádio, Televisão, Out-of-Home, Revista, Jornal, entre outros, que necessita de pessoas intermediando e negociando cada espaço para anúncio.

As Vantagens da Mídia Programática

Essa automatização na compra de mídia tem o objetivo de facilitar e potencializar a gestão e resultados, através de uma seleção de diversos sites, blogs, portais e redes sociais, categorizando por temas, como Esporte, Moda, Maquiagem, Saúde, Negócios, entre outros, e também por palavras-chave e outras informações que permitam filtrar o direcionamento dos anúncios.

Por exemplo, uma empresa de instrumentos musicais consegue, através de mídia programática, selecionar uma lista de sites e blogs na web que produzem conteúdo sobre o tema relacionado ao seu mercado e que tenha um público conforme o perfil traçado que a marca pretende atingir.

A grande vantagem da mídia programática, além de facilitar muito a gestão dos seus anúncios, é que as empresas desse setor, os publishers, têm investido em ferramentas de segmentação cada vez mais eficientes e garantindo um resultado prévio.

Como Utilizar a Mídia Programática

Antes de comprar qualquer espaço de mídia, ou até mesmo produzir as peças de uma campanha, é necessário entender quem é o público-alvo da sua empresa e pesquisar informações importantes para a comunicação que será direcionada. Com a identificação do seu público, é possível produzir as peças da campanha, com o objetivo que pretende atingir, seja aumentar as vendas, aumentar o share of mind, relacionamento, promoção, entre outras.

As ferramentas de mídia programática permitem que você selecione o público que pretende atingir, através de geolocalização, perfil, sexo, faixa etária, palavras-chave, temas, etc. Aproveite a ferramenta para potencializar a segmentação da sua campanha, permitindo melhor desempenho com um investimento menor.

Também é importante escolher ferramentas confiáveis, pois ainda existe fraude em tráfego com a utilização de “robos”, onde te entregam resultados manipulados. Ferramentas como Google AdWords, Facebook Ads, boo-box e Bing Ads são as mais populares.

O Futuro da Mídia Programática

Muitas empresas ainda não têm nem conhecimento sobre essas ferramentas, mas nos últimos anos a mídia programática tem popularizado muito e está chegando à mercados que antes tinham preconceitos em anunciar na internet.

A mídia programática também está chegando na TV, nos Estados Unidos, 8% já compram mídia automatizada para Televisão, e a tendência é aumentar com a fusão que está acontecendo entre a Internet – TV. E não para na televisão, com a Internet das Coisas, a mídia programática pode ser uma nova solução para diversas marcas, como um supermercado anunciando em uma geladeira conectada.

Conte com a 2nd como Parceiro

A 2nd está no mercado há 15 anos e mantém sua base de conhecimento sempre atualizada para fazer com que seu projeto atenda as expectativas de usabilidade de seu público. Estruturou uma equipe especializada em marketing e web design, preparada para estudar a sua marca e desenvolver o material necessário para lhe proporcionar uma comunicação efetiva.

Fale conosco!

Tags: